Coincidência? Resiliência.

By Gabriella Lopes - 10:08




É provável que a vida não seja um conjunto de acontecimentos comuns nos quais nos deparamos a cada milésimo de segundo que passa de nossas vidas. E, evidentemente, nada é obra do mero acaso, por mais que nos agarremos a certas coisas sobre as quais sempre buscamos algum entendimento.

Desde que cada ser humano existente nesse planeta é concebido, nada é um mero acaso.

Penso que nada pode ser quando dá muito errado ou muito certo, mas sempre há a famigerada possibilidade, onde tudo o que menos esperamos pode acontecer.

O que você menos espera que aconteça em sua vida?

Creio que, da vida, você não precise esperar nada: ela te traz tudo o que você quer, o que você precisa e o que você aguenta. Mas há diferença entre essas três variáveis.

O que você quer é o que te move, suas motivações, por quais causas você luta e no que você acredita, seja para acrescentar ao mundo ou às suas crenças. Deixar sua marca, por mais que esta não seja concreta e que fique para poucas pessoas, seu legado nessa existência.

Precisa-se de motivação para não desistir, de fato.

O que você precisa pode ser definido como resiliência e introspecção, coisas que podem ser parte do autoconhecimento. Conhecer a si mesmo para viver em paz com as milhões de personalidades ao seu redor pode ser importante, até porque ter uma mente aberta que não faça juízo de nenhum ser que pise nesse planeta agora é difícil para muitas pessoas (até mesmo para mim!).

A empatia deveria ser um dos pontos primordiais da introspecção e da resiliência, pois podemos aprender (e muito!) sobre como todos temos teto de vidro e sobre como a grama do vizinho pode não ser tão verde quanto se vê.

O que você pode aguentar? Bom, o que VOCÊ pode aguentar? Não sou tão religiosa, mas minha mãe costuma dizer que Deus nunca coloca mais obstáculos do que você pode suportar... ou algo assim.
A obstinação é uma coisa muito importante nesse caso específico, pois se você aguenta os obstáculos, você pode passar por eles sem dificuldades. Basta insistir um pouco.

Ok, onde você quer chegar com isso?

Nada do que acontece em nossas vidas é um mero acaso, sempre vai estar escrito antes de pensarmos no porquê tal fato aconteceu. A regra é que a vida é um ciclo de eterna resiliência, onde aprendemos com tudo o que acontece em nossas vidas, isso porque precisamos de espaço suficiente para crescer, pois o corpo que habitamos é só uma casa em um contrato de aluguel - quando sua resiliência nessa existência acaba, o contrato acaba e tudo o que foi escrito para você torna-se seu legado.

E aí, onde você quer chegar com isso?

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários